Projeto social no Ceasa prepara alunos para mercado de trabalho


Últimos Vídeos

18/12/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2018

13/12/2018
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 007/2018

14/11/2018
PREGÃO PRESENCIAL N.º 012/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Figo

Originário da região do Mediterrâneo, o figo é o fruto da figueira (Ficus carica), uma árvore da família Moraceae. Devido ao fato de exigir pouco em relação à qualidade do terreno e se adaptar bem a diferentes climas, ela se alastrou por várias partes do mundo, inclusive no Brasil, através dos colonizadores portugueses no século XVI.

O figo em si é uma fruta com um formato semelhante ao da pêra, porém um pouco menor: mede entre 3 e 7 cm. Suas cores podem variar; podem ser pretos, roxos, vermelhos, verdes ou amarelos. Essas frutas possuem uma polpa comestível e suculenta.

Possui uma boa quantidade de sais minerais, destacando o potássio, o cálcio e o fósforo, importantes para a formação dos ossos e para o equilíbrio das funções orgânicas. O fruto também possui ação laxativa suave.

 

Seu período de safra vai de janeiro a abril. O figo pode ser consumido in natura, além de ser empregado na fabricação de doces e sobremesas.

 

Geléia de figo:

Ingredientes:

- 300g de figos maduros higienizados e cortados em pedaços;

- ½ xícara de açúcar;

- 100 ml de água

- Cravo-da-índia.

Modo de preparo:

Coloque todos os ingredientes em uma panela funda e deixe cozinhar em fogo baixo até que a calda comece a ficar bem grossa. Retire os cravos-da-índia, passe a geléia pelo mixer para tirar os pedaços e volte ao fogo até que fique na consistência desejada. Deixe gelar.

Pode ser servida quente com queijo brie como sobremesa.

 

Autor: Hellen Rafacho, Nutricionista CRN: 36584


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital