Evento arrecada 850kg para o Banco de Alimentos


Últimos Vídeos

18/10/2018
CONCORRÊNCIA PÚBLICA N.º 002/2018

05/10/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 013/2018

04/10/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 015/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
  Tuia Holandesa

A tuia holandesa (Cupressus macrocarpa), uma espécie conífera, assim como os pinheiros tradicionalmente usados no Natal, é uma boa opção de decoração e ainda apresenta algumas vantagens sobre os modelos tradicionais: por ser uma planta cultivada em vaso desde o começo, pode ser transplantada em local definitivo, como jardins e quintais, conservando a aparência e o aroma característico durante toda a temporada natalina.


Esta planta é comercializada em vários tamanhos, desde 40cm até quatro metros de altura. Dependendo do porte, pode ser usada como planta decorativa em ambientes internos ou externos, por toda a vida. A espécie comercializada é da família das Cupressáceas, que emana um suave aroma de limão ao ser tocada e pode apresentar diversos formatos: piramidal, bola e coração (obtidos com técnicas de poda e condução manual).

 

Principais Cuidados

 

 

A fase inicial, chamada de enraizamento da planta, dura cerca de seis meses. Em dois anos, atinge a altura de 40cm e, em três anos, chega a 1,5 metro. A partir daí, cresce aproximadamente um metro a cada ano.


Quando atinge cerca de 2 metros deve ser transplantada, para que as raízes tenham mais espaço. O local ideal é à meia-sombra, onde receba cerca de duas horas de sol direto por dia. Em locais de clima ameno, pode ficar sob luz solar direta em tempo integral. O cultivo em vaso exige regas diárias e locais bem iluminados.


Por ocasião do plantio em jardins, é aconselhável fazer uma cova profunda, com cerca de 50 cm de profundidade e 50 cm de largura. Antes do plantio, recomenda-se encharcar a cova, para que suas paredes fiquem bem molhadas e facilitem a acomodação da raiz.

 
A mistura de solo ideal deve conter terra vegetal e húmus de minhoca. Além disso, é bom lembrar que o desenvolvimento da planta depende de uma boa irrigação. "É preferível, no caso desta planta, colocar água em excesso do que nenhuma - pode-se regar a planta todo dia, como garantia", afirma Ralph Dekker.

 

Autor: http://www.jardimdeflores.com.br/dicas/a10tuia.htm


+ Dicas

 

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital