Banco de Alimentos arrecada 975 kg de doações no "Pedala Campinas"


Últimos Vídeos

19/10/2017
PREGÃO PRESENCIAL N.º 014/2017

03/10/2017
PREGÃO PRESENCIAL N.º 010/2017

25/09/2017
PREGÃO PRESENCIAL Nº 005/2015

ver todas as licitações em andamento.
 
         História: Ceasas organizam e equilibram o comércio de hortifrutigranjeiros


As Ceasas foram criadas na década de 70 pela necessidade de organização e aperfeiçoamento na distribuição de produtos hortigranjeiros. Isso aconteceu porque a população nas cidades cresceu muito após a forte industrialização do país a partir dos anos 50.

No começo, as Ceasas eram integradas e formavam o Sistema Nacional de Centrais de Abastecimento (Sinac), da Companhia Brasileira de Abastecimento (Cobal), que hoje se chama Conab - Companhia Nacional de Abastecimento.


Na década de 80 o Sistema foi descentralizado e o controle acionário de algumas ceasas foi transferido aos estados e municípios. Algumas mantiveram o controle federal.

Em Campinas o primeiro comércio público de hortifrútis organizado da cidade foi o Mercado Municipal, em 1908, que funciona até hoje na rua Benjamin Constant, no Centro. Em 1971 foi instalado no Jardim do Lago o Centro de Abastecimento Provisório (Ceab), conhecido como Ceasinha, onde os agricultores e atacadistas comercializavam.


Em 1972 o decreto nº 70.502 fundou a Ceasa Campinas e a empresa começou a operar em 1975. Em 1989 a Ceasa Campinas foi municipalizada, ou seja, a Prefeitura passou a ter o controle acionário da empresa.

A Ceasa Campinas ampliou sua comercialização em 1993 com uma feira de flores e em 1995 inaugurou o Mercado de Flores. Hoje a Central campineira é referência nacional e é a quarta maior do país.










Topo

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital