Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 017/2018

24/01/2019
PREGÃO PRESENCIAL N.º 018/2018

24/01/2019
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 005/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
          Notícias

Funcionários recebem credenciais do curso de classificação de produtos vegetais

A gerência do Mercado de Hortifrutigranjeiros realizou a cerimônia de recebimento das credenciais dos cinco participantes do curso de classificador realizado em agosto de 2018. O curso aconteceu na escola de cozinha da Ceasa Campinas e foi ministrado por um instrutor autorizado, com supervisão de dois auditores do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), durante três semanas em período integral.

 

 

A formação de classificadores habilitados é a primeira fase do projeto de instalação de um Centro de Qualidade de Frutas e Hortaliças na Ceasa Campinas, ferramenta importante para o acompanhamento dos produtos e fundamental para a implantação de um futuro programa de qualidade, por adesão, identificado por um selo próprio.

“O centro de qualidade é um ponto de encontro entre a Ceasa e o usuário, tanto permissionários como fornecedores e compradores poderão usar o centro de qualidade a qualquer momento para coleta de informações a respeito da qualidade dos produtos e suporte para o futuro selo Ceasa”, disse o engenheiro agrônomo da Ceasa Campinas, Ricardo Munhoz,

Nos últimos anos, a Central de Campinas intensificou a valorização de produtos mais seguros, com especial atenção à origem dos mesmos e ao emprego das boas práticas agrícolas. A classificação, quando amparada por padrão oficial, é um dos principais parâmetros de garantia de qualidade ao consumidor de hortifrútis.

 

 

Sobre o Curso
As credenciais entregues são habilitações conferidas pelo MAPA aos engenheiros agrônomos e técnicos em agropecuária para desempenhar a atividade de classificador de produtos vegetais, conforme a lei federal 9.972 de 25 de maio de 2.000, regulamentada pelo decreto 6.268 de 22 de novembro de 2007. Os profissionais da Ceasa Campinas foram habilitados a classificar batata, alho, maçã, tomate, uva fina de mesa e uva rústica.

De acordo com a definição da lei, a atividade de classificador visa determinar a qualidade dos produtos vegetais com base nos padrões oficiais estabelecidos pelo Ministério.

 



Imprimir esta notícia
+ Notícias

Topo

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital