Consumo de frutas aumentam por conta do calor


Últimos Vídeos

18/12/2018
PREGÃO PRESENCIAL Nº 014/2018

13/12/2018
PROCEDIMENTO LICITATÓRIO N.º 007/2018

14/11/2018
PREGÃO PRESENCIAL N.º 012/2018

ver todas as licitações em andamento.
 
          Como ter uma alimentação saudável




Alimentação + saudável

                      Com + frutas, verduras e legumes

Alimentação saudável é + saúde

     Uma pesquisa recente do IBGE revela que tem crescido assustadoramente no Brasil o número de obesos. Num universo de 95,5 milhões de pessoas com 20 anos ou mais existem 38,8 milhões, ou 40,6%, com excesso de peso. Ou seja, quase metade da população adulta do país está acima do peso normal.
     Longe de ser apenas um problema estético, a obesidade é uma questão de saúde pública. Hipertensão, problemas cardíacos e diabetes são alguns dos males gerados pelo excesso de peso. A falta de exercícios físicos, as novas tecnologias que facilitam o sedentarismo e, principalmente, os maus hábitos alimentares são a fórmula da obesidade.
     Para enfrentar e mudar esta realidade é preciso agir. E um dos caminhos é estimular a população a consumir mais hortigranjeiros e produtos in natura, uma vez que uma das grandes causas do excesso de peso é a dieta baseada em carboidratos (massas) e produtos industrializados, geralmente ricos em gorduras e açúcares.
     Abaixo condensamos algumas informações que podem ajudar nesta tarefa de estimular a mudança ou a melhoria dos hábitos de alimentação. Conheça um pouco mais sobre o que alimenta o seu corpo e comece hoje e agora a viver de maneira mais saudável incluindo mais frutas, verduras e legumes na sua mesa.        

Como fazer uma alimentação equilibrada?
     A alimentação saudável deve ocupar lugar de destaque em nossa vida diária porque, afinal, nós somos o que comemos. Através de uma alimentação equilibrada podemos tratar e principalmente prevenir doenças e ter uma vida melhor. Os alimentos contêm diversas substâncias chamadas de nutrientes que têm a função de manter o nosso organismo em bom funcionamento.
      Eles podem ser classificados em grupos de acordo com sua composição, nutrientes e funções. Cada nutriente tem um papel diferente. O segredo de uma dieta saudável é comer toda variedade de grupos de produtos na proporção que indica o desenho, incluindo muitas frutas, verduras e legumes.

 
Gorduras, óleos e açúcares
PEQUENA QUANTIDADE

Grupo de laticínios, leite, iogurte, queijo
2 A 3 PORÇÕES

Grupo de aves, carnes, peixes, ovos, feijão
2 A 3 PORÇÕES

Grupo de vegetais (verduras e legumes)
3 A 5 PORÇÕES

Grupo de frutas
2 A 4 PORÇÕES

Grupo de pães, cereais, arroz e massas
6 A 11 PORÇÕES

  • A pirâmide mostra uma maneira equilibrada de consumir cada grupo alimentar  e está baseada nas necessidades diárias de um ser humano adulto.

 

  • Na base, ou seja, embaixo, estão os alimentos que se deve comer mais. Na parte de cima, os que se deve comer menos. Mas é importante comer alimentos de todos os grupos e sempre moderadamente.
  • A pirâmide é um indicador, mas há situações específicas em que pode haver necessidade da orientação de um médico ou nutricionista para dietas especiais. Esteja sempre atento e em caso de dúvida procure um profissional de sua confiança.

 

O que são alimentos energéticos?

São os que nos fornecem energia como: pão, arroz, batata, mandioca, farinhas e massas em geral

Mas há também os alimentos energéticos chamados de fonte adicional de energia, que devem ser consumidos em pequenas quantidades, pois são ricos em gordura e açúcares e pobres em outros nutrientes: balas, chocolates, óleos, margarina entre outros.

 

O que são alimentos construtores?

São responsáveis pelo processo de crescimento, desenvolvimento, reparação dos tecidos e resistência do organismo às doenças, por exemplo: carne de boi, frango, peixe, ovos, leites, feijão e outros.

 

O que são alimentos reguladores?

São responsáveis aqueles que nos fornecem vitaminas, sais minerais e fibras. Eles são muito importantes pois agem no organismo ajustando o funcionamento geral. Os reguladores estão presentes nas frutas, verduras e legumes.

Amigos do peito:

As vitaminas
     Vitaminas são micro-nutrientes essenciais a diversas reações do organismo. Elas estão presentes em alimentos naturais principalmente nas frutas, verduras e legumes.
Principais fontes:
Vitamina A: fígado, folhas verde-escuras, abóbora e laticínios (queijo, leite, iogurte, etc,).
Vitaminas do complexo B: cereais integrais, vegetais em folhas, frutas, ovos, feijão e laticínios. Vitamina C: frutas e verduras cruas, pimentão, tomate, acerola, laranja e goiaba.
Vitamina D: laticínios,cereais, peixes, fígado e ovos.
Vitamina E: óleos vegetais, ovos, peixes, folhas verdes, cereais integrais e feijão.
Vitamina K: folhas verdes, couve-flor e cereais

Os minerais
     Os minerais como cálcio, ferro, zinco, fósforo, cobre, magnésio, iodo, sódio e potássio são muito importantes na nutrição humana. Eles são encontrados em frutas, verduras e legumes. O cálcio está
     O cálcio o fósforo e o magnésio compõem nossos ossos e dentes e estão no leite, peixes, ovos, feijão, sementes, folhas verdes, cereais e ovos. O ferro é necessário para a formação da hemoglobina, componente do sangue que se encarrega de transportar o oxigênio dos pulmões a todos os tecidos do corpo. Sua falta gera doenças graves como a anemia. Alimentos ricos em ferro  são fígado, verduras verde-escuras, feijão e carne vermelha.

As fibras
     A principal função das fibras é regular as funções gastrointestinais, ou seja, desde a digestão até a evacuação. Elas são indispensáveis para termos uma boa saúde pois facilitam as tarefas do estômago e dos intestinos e ajudam a limpar o nosso organismo e proteger órgãos vitais. 
      As fibras evitam problemas de saúde como prisão de ventre, gases e previnem até tumores. Frutas e vegetais frescos, pão e cereais integrais, feijão e legumes, arroz integral cevada e aveia são algumas fontes de fibras.

A água
     A água é um elemento indispensável para a nossa alimentação. Ela ajuda a eliminar as substâncias tóxicas (nocivas) do organismo e também regula a temperatura do corpo, através da eliminação das toxinas pela urina e pela transpiração e fazendo a distribuição dos nutrientes pelos diversos órgãos.
      É fundamental beber pelo menos 2 litros de água por dia. Beber bastante água faz com que todo organismo fique mais equilibrado e resistente. 

 

Conheça o que você come

Alface
     Originária da Ásia e trazida para o país pelos portugueses, no século XVI, a alface é a hortaliça folhosa de maior consumo no Brasil. Ela é rica em vitaminas A e C e em minerais como cálcio e fósforo. A alface tem muitas vitaminas, desintoxica o organismo e tem leves poderes laxantes, diuréticos e purificadores.

Banana
     Outra campeã de vendas, a banana é a fruta de mesa mais consumida pelos brasileiros. Ela veio do sudoeste da Ásia e é rica em açúcares, fibras, niacina, cálcio, fósforo e principalmente potássio. É ligeiramente diurética e laxativa.

Tomate
     É originário das américas Central e do Sul e f oi inicialmente introduzido na Europa como planta ornamental, por suas belas frutas amarelas, (cor original), origem do nome dado pelos italianos, de pomodoro, os primeiros a utilizá-lo para fins alimentícios. O tomate é uma boa fonte de vitaminas A e C, betacaroteno e licopeno, ou seja, melhora a resistência do organismo e é bom para os tecidos (pele, unhas, cabelo).

Cenoura
     Proveniente do Afeganistão, é nossa fonte mais abundante de betacaroteno, boa para combater o envelhecimento dos tecidos. Também possui grande quantidade de vitamina A, um nutriente essencial para a saúde dos cabelos, pele, olhos e ossos.
     Além disso, a cenoura contém muitos sais minerais, como fósforo, cloro, potássio, cálcio e sódio, necessários ao bom equilíbrio do organismo, e vitaminas do Complexo B, que ajudam a regular o sistema nervoso e a função do aparelho digestivo.
  
Batata
     Veio dos Alpes, da região do Peru e da Colômbia, onde já era consumida há 8 mil anos. É rica em carboidratos,  uma grande fonte de energia, ou seja, auxilia no crescimento e ajuda quem pratica muito esporte ou tem atividades de trabalho manuais pesadas. Contém ainda sais minerais, vitamina C e, em pequenas quantidades, vitaminas do Complexo B.

Laranja
     Como todas as plantas chamadas de cítricas, a laranjeira é nativa da Ásia. A maior parte da produção brasileira de laranjas destina-se à indústria do suco, concentrada no estado de São Paulo, responsável por 70% da produção e 98% do suco que o Brasil produz.
     Esta fruta é riquíssima em vitamina C que aumenta a resistência do organismo às infecções, auxilia na formação dos ossos e dentes, na cicatrização das feridas e queimaduras. A vitamina C também dá vitalidade às gengivas, evita hemorragia, enfim, reforça as defesas do organismo.

Carambola
      Pouca gente sabe, mas Campinas é um das maiores produtores da exótica carambola. Originária da Índia, a fruta foi introduzida no Brasil em 1817. De sabor agridoce, cor variando do verde ao amarelo, dependendo do grau de maturação, ela é rica em sais minerais como cálcio, fósforo e ferro e tem vitaminas A , C e do Complexo B. Ela age como um bom diurético e é muito apreciada na forma de sucos, principalmente.
 
Dicas de alimentação

  • Coma mais frutas, legumes e verduras, principalmente cruas, procurando variar ao máximo os tipos existentes e dando preferência aos alimentos da época.
  • Tome diariamente de 6 a 8 copos de água por dia.
  • Prefira comprar frutas e legumes de época. Eles têm melhores preços e qualidade.
  • Evite alimentos fritos. Dê preferência ao grelhados, assados ou cozidos.
  • Faça de quatro a seis refeições por dia, intercalando as principais com o consumo de frutas, iogurtes, barras de cereais sucos naturais e outros.
  • Evite consumir leite e seus derivados nas principais refeições, pois interfere na absorção de ferro.
  • Por lei, as embalagens devem apresentar informações sobre o produto: data de fabricação e validade; nome e endereço do produtor; registro do produto; suas características e composição; instruções sobre conservação do alimento, etc. Confira sempre.
  • Todo o alimento deve ser exposto e armazenado nas condições sugeridas pelo fabricante, descritas no rótulo.
  • Não devem ser adquiridos produtos com embalagens sujas, com vazamentos, enferrujadas, amassadas ou estufadas.
  • Só devem ser adquiridos alimentos que apresentem cor, odor, textura e consistência características de sua qualidade.
  • As embalagens (caixas de papelão) dos produtos congelados devem estar firmes, secas e sem presenças de gelo por cima.
  • Os alimentos perecíveis, resfriados e congelados, devem ser comprados por último, rapidamente levados para casa e colocados em temperaturas adequadas a sua conservação.                                   

 


Veja mais sobre alimentação e saúde
cartilha alimentação saudável


Veja também
Alimentação e Saúde
Conheça os Hortifrutis
Padronização
Produtos de época
Previsão do tempo
Cotação do dólar

Topo

Desenvolvido por: CiaPixel Agência Digital